Seguidores

terça-feira, 24 de janeiro de 2012

A CHUVA E DEPOIS O SOL

Crianças - Childrens

Há sempre um par de lágrimas prontas a cair
Há pelo menos uma que cai
Preciso dum par de asas, quero ir
De onde a memória não me sai.
E cresce, cresce esta vontade
E vem soltando gritos
E são pranto de saudade
Parado nos meus olhos aflitos.

E se caem em desespero?
Não me arrependo de as perder
Pois se o choro é sincero?
Eu choro ... de tanto à vida querer.

Sob o sol que nasce a cada dia
Carrego aos ombros os anos
os desenganos,
e a esperança já tardia.
Mas outro outono virá!
Pondo nos meus olhos o sol
A serenidade a mim voltará
Os pássaros me esperarão
Voltarei a ser no campo um girassol.
E o meu sonhar não será em vão.

rosafogo
natalia nuno
imagem do blog imagens para decoupage

2 comentários:

leonor costa disse...

Minha amiga, a esperança nunca é tardia!

Bjs

Natalia Nuno disse...

Olá Leonor, estás bem amiga?
Tens razão, mas às vezes desesperamos.


Beijos